Nendo cria coleção inspirada em lascas

Por Redação

Japonês ‘descasca’ a madeira para fazer móveis

Em marcenaria, lascas e pedaços quebrados costumam ser considerados restos, dejetos decorrentes do trabalho com a madeira. Para o japonês Oki Sato e seu estúdio Nendo, eles são inspiração. A mais nova coleção de mobiliário a sair do poético escritório chama-se Splinter (“lasca” em português) e inclui coffee tables, cadeiras, cabideiro e espelhos verticais, todos confeccionados a partir de pedaços de madeira que, em algum momento, se dividem em duas ou mais “seções”, como um graveto a se romper.

Desenhadas para a marca japonesa Conde House, com sede em Asahikawa, no norte tradicionalmente marceneiro do Japão, as peças ostentam a simplicidade que marca o trabalho do designer, de espírito puro e minimalista.

“Nós dividimos cada pedaço de madeira como se estivéssemos descascando-os por fora”, explica Sato. “Encostos de madeira, por exemplo, dividem-se para se tornarem apoios de braços e pernas, e, no topo dos cabideiros, cria-se ramos distantes para acomodar diversos cabides.” As mesinhas de apoio seguem o mesmo princípio, com pés tripartidos.

“Também procuramos trabalhar de forma racional com os materiais, mantendo a espessura original das peças maiores de madeira para dar boa sustentação aos móveis. Mas usamos peças mais finas nas partes mais delicadas. Nós nos aproximamos delicadamente da madeira para manter sua flexibilidade original”, completa o profissional.

  (Foto: Yoneo Kawabe)

 

  (Foto: Yoneo Kawabe)

 

  (Foto: Yoneo Kawabe)

 

  (Foto: Yoneo Kawabe)

 

  (Foto: Yoneo Kawabe)

 

  (Foto: Yoneo Kawabe)

Related posts

Leave a Comment