Hoob by Air lança coleção inspirada em comunidade gay da Jamaica

Por FFW

A Hood by Air, de Shayne Oliver, acaba de lançar uma coleção-cápsula em colaboração com o fotógrafo sul-africano Pieter Hugo, durante a Art Basel Miami Beach. A coleção é composta por sete camisetas com o título “Galvanize Jamaica” escrito nas maximangas raglã (aquela cuja costura é diagonal, com início logo após a gola) e as estampas são as fotos de uma comunidade de gays e transgêneros da Jamaica, tiradas por Pieter Hugo durante uma viagem recente com Shayne Oliver (veja na galeria). “A silhueta foi concebida para refletir e funcionar como uma tela, as mangas gráficas são sua moldura”, explica Oliver ao site da “Vogue” América. O valor de cada camiseta é US$300, juntas saem por US$1.500 – estão disponíveis no e-commerce da marca, que entrega no Brasil.

As fotos foram originalmente publicadas no livro “PH & HBA”, lançado em junho deste ano. Oliver e Hugo foram à Jamaica para fotografar as Gullly Queens, da comunidade de mulheres transgênero e gays de Kingston, junto com os atores locais de pornô gay vestindo as peças do acervo da Hood by Air. O livro inclui uma conversa pessoal de Oliver e seu amigo de longa data Carlos Nazario, colaborador do projeto e da grife, na qual discutem os desafios e a tensão que enfrentaram durante a realização do projeto, uma vez que a Jamaica compõe a lista de países onde a homossexualidade é proibida.

Oliver conheceu essa comunidade através de um amigo. “Eu ouvi falar das Gully Queens através do Akeem Smith, cuja descendência é jamaicana. A história era muito parecida com a das crianças que moravam na Christopher Street em meados da década de 2000, algumas das quais eram minhas amigas. A história e as lutas eram muito familiares, e eu queria expor a beleza harmoniosa desses rapazes em contraponto à visão extremista que é regularmente projetada neles”, conta.

Related posts

Leave a Comment