Votação no Colégio Eleitoral confirma vitória de Trump

Leonardo Sambaqui –

O republicano Donald Trump teve sua vitória confirmada nesta segunda-feira (19) ao ultrapassar os 270 votos necessários para vencer o Colégio Eleitoral e levar a Presidência dos Estados Unidos.

Pelo sistema indireto do país, os eleitores votaram em um dos candidatos à Casa Branca em novembro. Na teoria, esses votos servem para determinar o voto dos 538 membros do Colégio Eleitoral indicados pelos partidos nos Estados nesta segunda.

Mas os integrantes do Colégio Eleitoral não necessariamente precisam seguir o voto vitorioso em seu Estado, e era justamente essa a dúvida que cercava a votação desta segunda: quantos eleitores “fugiriam” do voto em Trump ou em Hillary Clinton.

Segundo a Associated Press, até as 21h30 desta segunda, apenas dois membros do Texas no Colégio Eleitoral tinham deixado de votar no republicano.

We did it! Thank you to all of my great supporters, we just officially won the election (despite all of the distorted and inaccurate media).

Hillary, no entanto, havia perdido ainda mais: quatro eleitores no Estado de Washington -três votaram no ex-secretário de Estado Colin Powell, um republicano que nem concorria, e outro no líder indígena Faith Spotted Eagle, também um nome aleatório. No Maine, um dos delegados abandonou a democrata para votar em seu opositor nas primárias, Bernie Sanders.

Com vários Estados ainda em processo de votação, Trump tinha pelo menos 304 votos até as 21h30 e Hillary, 169. Na contagem do dia seguinte à eleição, em novembro, o placar era de 306 a 232 para o empresário.

Trump, em nota, agradeceu o “voto esmagador” da população americana nele e destacou a sua “grande margem de votos” no Colégio Eleitoral. “O dia de hoje marca uma vitória eleitoral consagradora e histórica na democracia do nosso país”, disse.

A votação no Colégio Eleitoral é normalmente uma formalidade, mas neste ano ganhou uma maior importância justamente porque Hillary ganhou no voto popular nacional, mas perdeu no Colégio Eleitoral.

Trump disse que trabalhará “duro” para “unir o nosso país e ser o presidente de todos os americanos”.

Houve protestos em frente a algumas sedes de legislativos estaduais, onde os membros do Colégio Eleitoral depositaram seus votos.

Os votos do Colégio Eleitoral serão contados oficialmente durante uma sessão conjunta do Congresso em 6 de janeiro. Trump toma posse no dia 20. Com informações da Folhapress.

Related posts

Leave a Comment